conteúdo
Notícias
14/11/2017

Prefeito regulariza estágio probatório de servidores municipais


Atendendo às reivindicações do Sindicato dos Municipários, executivo busca priorizar vida funcional dos servidores públicos



O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, irá proceder a avaliação de estágio probatório em caráter excepcional e retroativo dos servidores públicos providos no cargo entre 1º de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 2008, que não foram avaliados. A ação atende às reivindicações do Sindicato dos Municipários de Capão da Canoa e Xangri-Lá (SIMCCX).

Na tarde de segunda-feira (13), o Prefeito Amauri esteve reunido com a presidente do Sindicato dos Municipários de Capão e Xangri-Lá, Fernanda Grassi Veloso, com a assistente-administrativo, Mônica Bastos, o advogado do Sindicato, Jean Germano, e a assistente-jurídico, Milena Bastos, para alinhas as ações e ouvir as demandas.

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, afirma que o executivo está priorizando a vida funcional do servidor público municipal. “Sabemos da importância do funcionalismo público para o desenvolvimento da nossa sociedade e, com essa medida, estamos corrigindo algo que já deveria ter sido feito”, garante.

A avaliação do estágio probatório excepcional e retroativo constituirá em um relatório simplificado e circunstanciado individualizado, extraído de dados e informações objetivas da ficha funcional de casa servidor público do município que não tenha sido avaliado no período próprio.

Será constituída e designada, mediante portaria, uma Comissão Especial e Temporária para execução exclusiva dos trabalhos de avaliação do estágio probatório excepcional e retroativo, com prazo de vigência de 90 dias, podendo ser prorrogada uma única vez por igual período.




Créditos: Bernardo Zamperetti/Imprensa PMCC


Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO