conteúdo
Coronavírus (COVID-19)


Com o avanço da pandemia pelo novo coronavírus (COVID-19), a Secretaria de Saúde do município de Capão da Canoa tem buscado qualificar seus profissionais e obter informações seguras para adotar as devidas medidas de prevenção, bem como executar o manejo adequado dos pacientes suspeitos. No mês de março, já ocorreram capacitações com os profissionais do município sobre o tema, visando preparar os trabalhadores do para atender os casos da melhor forma possível.

Na próxima semana, a secretária Ângela Patrícia Schardosim se reunirá com a gestão do hospital Santa Luzia, juntamente com os coordenadores e responsáveis técnicos pela Vigilância Epidemiológica do município, para elaborar ações conjuntas, padronizar os procedimentos e revisar as medidas que Capão da Canoa já vem tomando.

Pedimos que os cidadãos se atentem às orientações de suas unidades de saúde e aos comunicados oficiais da secretaria. No momento, a infecção pelo Coronavírus já é considerada uma pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Atualmente a definição de caso suspeito é:

* Possuir quadro gripal;

+

* Histórico de viagem OU contato próximo com caso suspeito ou confirmado.

Cabe ressaltar que as definições de caso suspeito estão sendo atualizadas constantemente, levando em conta que já há transmissão local no país.
Ao identificar sinais que configurem caso suspeito, dirija-se até sua Unidade de Saúde da Família de referência, onde as devidas medidas serão tomadas. Evite comparecer a hospitais ou ao Pronto Atendimento, a não ser em casos mais graves.  Não desvie o caminho e mantenha precaução de contato.
 

São recomendações para a população, com fins de prevenção:

* Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

* Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

* Evitar contato próximo com pessoas doentes.

* Ficar em casa quando estiver doente.

* Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. Caso não haja lenço disponível, usar o antebraço.

* Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

* Se possível, evitar aglomerações;

* Manter as janelas abertas sempre que possível;

* Evitar viagens internacionais ou para áreas com transmissão da doença;

Aos cidadãos que retornaram de viagem internacional, recomenda-se 7 dias para a quarentena voluntária de assintomáticos e 14 para os sintomáticos, em isolamento domiciliar;

Os grupos de maior risco, como idosos, indivíduos com alguma comorbidade respiratória prévia, diabéticos, cardiopatas, pacientes oncológicos e imunossuprimidos em geral devem procurar reduzir ao máximo sua exposição, evitando frequentar locais de muito movimento e/ou grandes aglomerações.

As medidas de prevenção aqui citadas são fundamentais para retardar a velocidade da disseminação do vírus. É responsabilidade de todos divulgar essas orientações, informar os conhecidos e praticar as medidas de higiene e etiqueta respiratória.

No momento, a Secretaria Municipal de Saúde ainda não recomenda o cancelamento de eventos ou aulas no município, visto que ainda não temos nenhum caso confirmado no município, mas devido a grande dinamicidade das informações, orientará a todos caso seja necessário aprofundar as medidas de contenção.

Acessibilidade


Para navegação via teclado,
utilize a combinação
ALT + TECLA DE ATALHO